quinta-feira, dezembro 13, 2007

Civismo na estrada


















Um belo dia vai um homem de carro quando passa por ele em sentido contrário uma mulher que faz sinais de luzes e grita:

- Cuidado...BURRO!

À qual o homem respondeu de imediato:
- GRANDE P**A!

Seguindo viagem satisfeito consigo próprio pela resposta bem dada a mulher, até que, e logo na primeira curva, ao sair dela depara com um burro a atravessar a estrada com o qual acaba por chocar.

Morreu o animal mas a besta continua viva.
(recebido por email)

Já me aconteceu mas com uma vaca, fui insultada, retornei ao mesmo caminho e vi que o "machão" se tinha despistado e espetado contra uma árvore. Nada de grave! Reconheceu-me e disse-lhe apenas: teria sido muito melhor não ter respondido e precaver-se.
Acho que a maioria dos condutores só aprende "regras de civismo" batendo com as trombas na torneira. O pior é quando lixam a vida aos outros!
Tal como as guerrinhas de não deixarem entrar na fila do pára-arranca, não respeitar velocidades, não beber, não fazer manobras perigosas, não respeitar a sinalização etc.!

Chiça que é por demais!

13 Comments:

Blogger wind said...

É caótico estar no trânsito, ainda por cima em hora de ponta. Também sem ser em hora de ponta, já se torna insuportável.
Claro que tudo isso aumenta a falta de civismo o que torna tudo pior.
Beijocas*

13/12/07 10:15  
Blogger LB said...

Não, não sorrio. Tenha pena de dizer que é realmente assim. Chamam-lhe falta de civismo... será?

Beijinho

13/12/07 15:14  
Blogger Paula Raposo said...

E é mesmo. Tanta besta ao volante que é demais!!!

13/12/07 18:35  
Blogger Francis said...

Bem, lá diz o ditado: Nada melhor que bater com os cornos na parede!


:-)))

13/12/07 21:30  
Blogger Mad said...

Adorei a imagem "das trombas na torneira"!!! LOL

13/12/07 23:20  
Anonymous Anónimo said...

Fatyly!

Vim matar saudades!!!
É sempre bom lêr-te..ai tivesse eu mais tempo..isto anda meio complicadito..mas cá se vai andando!

Como sempre..gostei do que li...especialmente quando sentimos todos os dias na pele a falta de civismo que há nas nossas estradas! Cada vez me convenço mais que esses "burros" da sociedade quando batem "com as trombas na torneira"...a maioria das vezes não batem sózinhos..lixam a vida a muita gente que não tem culpa nenhuma...e pior..safam-se sempre!
Isto é a selva..e na selva é o salve-se quem puder!!!

Um grande beijinho para ti bó linda!!
Cleo

13/12/07 23:51  
Anonymous Anónimo said...

falta de civismo que está na base da maior parte dos problemas viários deste país. Mais um texto 5*
Carla

14/12/07 12:18  
Anonymous Black Cat said...

Sinceramente ainda percebi qual é o problemas dos machos lusitanos contras as mulheres condutoras... Até porque ELES tem mais acidentes que ELAS!... Hum, será 'raivinha de dentes'??? Não há paciência!!!

PS: Coitado do Burro... mais valia ter morrido o Homem! Porque a esta hora ainda anda por aí à solta...

14/12/07 14:00  
Blogger peciscas said...

UI UI UI...
O que eu teria de desfiar sobre as azémolas que andam por aí a julgar que conduzemm.
Se fosse a relatar o que diariamente constato (e não faço grandes deslocações...) tinha assunto para actualizar o Peciscas todos os dias, sem mudar de tema!

14/12/07 19:38  
Anonymous Anónimo said...

Têm muita "garganta", quando se sentem seguros dentro do carro e à distancia.

Depois de levarem uns "bilhetes" por aquela cara adentro, até choram ou tremem a pedir desculpa.

15/12/07 20:44  
Blogger Fatyly said...

Wind
é de facto caótico, mas a maioria não necessitava de levar carro. Há os transportes públicos, mas também há uma minoria que revezando-se semanalmente vão quatro num só carro, colegas, amigos ou até vizinhos.
Acho que 99,9% leva para o volante as suas frustacções e atiram contra quem vai em paz. Os danos por vezes são irreversíveis.

Lb
perante o que vejo também não consigo sorrir e lamentavelmente e apesar de gostar muito da classe masculina são estes a dizerem as maiores baboseiras e gozações.

Paula e Francis
nem mais e até me dá vómitos

Mad
desde que me conheço foi um termo que sempre usei:))) tem cheirinho a terra vermelha:)

Cléo
Que se matem eu admito, agora matarem ou inutilizarem vidas de quem cumpre todas as regras, que tenta ser solidário dói, mas dói mesmo.

Black Cat
Por vezes essa "embirração" não passa de uma bincadeira para nos irritarem, porque também há mulheres que são de facto um grande perigo nas estradas.

Peciscas
Também não faço grandes viagens mas UI!UI!UI! daria uma novela:)

Migvic
mas é que é isso mesmo. Jamais seria capaz de ir às trombas de alguém por causa de guerrinhas na estrada. Sou muito calma, queres entrar? entra...mas quando quase me lixam...mão na buzina até dizer chega. Fazem sinais com os dedos e eu calmamente sorrio, faço sinal de calma e atiro um beijo:)))) a cara com que ficam é de morrer a rir!!!

Beijos e de uma vez por todas temos que praticar muito e em tudo "o civismo"

15/12/07 21:03  
Blogger xico.lf said...

Fatyly,
Quem sou eu para dar conselhos!
Tive tantos "milagres", ainda há pouco tempo uma situação que poderia ter sido muito grave e outra só em que o meu carro teve que ter um arranjo grande (a cª seguros pagou e tb o carro de aluguer - devem odiar-me!), que agora, com os "conselhos" de uma Amiga estou a aprender a andar moderadamente.
É verdade que, com sorte, nunca tive um acidente grande nem provoquei danos a ninguém.
E também é verdade que nessas situações de trânsito me prezo de ser civilizado e aturar as coisas dos outros!!!
:)

16/12/07 12:03  
Blogger carva55 said...

Pois é ! E há muita burrice por todo o lado.Quanto à guerrinha das filas , __eu habitualmente deixo entrar , se vir que é para alguém tentar sair mais cedo numa saída que já se vislumbra lá ao fundo , ou que pretende mudar de caminho , senão , não deixo . Porque irrita-me ver alguns "chicos espertos !" a entrarem , a sairem, a tornarem a entrar , tornar a sair ,só porque vêem a fila do lado a andar apenas e só mais uns metros . E eu a passar por eles e a vê-los ficarem para trás , e depois ,e depois , e depois... A isto chamo fuçanguisse que só complica . Deixem-se ir na onda que a coisa vai , e vai melhor para todos.
Já nos cruzamentos faço igual entra um , e o resto que espere ,um de cada vez não custa nada. E então que dizer das ultrapassagens , __ à touro e cavalo,ou foges ou marras__.Às vezes, para continuar a viver, tenho que sair o mais possível para deixar passar . Sinto-me violado . E naqueles momentos apetecia-me ter um daqueles trombudos carros americanos e dizer : __vem , vem e marra filho da puta !!!
Carva55

18/12/07 17:04  

Enviar um comentário

<< Home