quarta-feira, dezembro 05, 2007

Bolachas com lagarta!

Por regra dos pais, as minhas netas estão habituadas a comer apenas ao sábado, um ou dois ou três doces conforme o tamanho da vasta onda de guloseimas.

No sábado

Bó, tenho fome o que tens para comer sem ser iogurte?
Depois do que almoçaste já tens fome?
Bó, sabes eu gosto muito das tuas bolachas com doce de tomate.
BóBó também queo...(bolacha na sua linguagem é uma asneira da grossa(gargalhadas))
Está bem, mas apenas duas cada uma. Vão lá para a sala que a avó já vos leva.
Pronto, está aqui e a avó vai só pôr isto na cozinha.
De repente a mais nova vai ter comigo numa choradeira.
O que foi lindinha?
Bóbó as ... tem lagatas.
Lagartas?
Xim - as lágrimas corriam-lhe pela cara abaixo e eu sem perceber nada.
Peguei nela e fui à sala...
Linda, a mana está a dizer que as bolachas têm lagartas, tu sabes o que é?
Claro Bó e têm muito grandes (com a maior cara-de-pau)
Ai, ai, ai que não estou a gostar nada disto. Não chores mais e vês não têm lagarta nenhuma!
Num queo a ....
Bó não te preocupes, mana dá cá que eu como.
Fez-se luz...
Alto aí menina, as bolachas são da tua irmã e tu já comeste as tuas. Com que então metes medo à mana, é isso?
Sim Bó, assim como quatro!
E não tens pena de que a mana não coma? Estou muito zangada e se voltares a fazer nunca mais comes bolachas e doce da avó.
Cala-se a mais nova desata a mais velha a berrar.
Isso, chora mais porque a avó adora birras, mas vê lá se metes a segunda porque a trotinete está a andar muito devagarinho. Quando a parares diz-me ok?(resulta sempre em risada)!
Calou-se e aninhou-se também no meu colo.
Bó já não estou a chorar e prometo não voltar a meter medo à mana, mas posso comer mais uma bolacha?

Não e não e quando a avó diz não é

Nãooooooo (as duas em coro)

Fomos pintar...a manta!

16 Comments:

Blogger Sofia said...

Este comentário foi removido pelo autor.

5/12/07 23:56  
Blogger Sofia said...

Lembrei-me de uma história parecida, há muito muitos anos... também com a minha Avó! O que eu inventava para ficar com as torradas primeiro e depois e depois... para ir ficando com todas, afinal! Ainda hoje faço o mesmo: um ar de santa e um braço mais comprido do que o das minhas irmãs!

beijinhos natalícios
hoje vim aqui parar e gostei, passo cá mais vezes...

5/12/07 23:56  
Blogger xico.lf said...

Fatyly,
Desculpa-me mas quando disseste ali "fez-se luz", também aqui se fez luz e percebi!
Com netos, não sei ... ainda!
Mas sabes? ... tenho 3 filhas já adultas (30, 29 e 26) e já passei por situações semelhantes!
"Coisas" que estão nas gavetas de que falavas há uns dias, mas que por vezes aparecem!!!...
:))

6/12/07 00:17  
Blogger xico.lf said...

Passou ... desculpa porque me ri!!!

6/12/07 00:17  
Blogger Odele Souza said...

Passei pra te deixar um abraço e te agradecer pelas constantes visitas e comentários deixados no blog de Flavia. Sei que vais participar da blogagem coletiva dia 17. Obrigada também por isso.

Ah! Essa relação tão gostosa dos netos com os avós. A avó então, é uma figura querida.

De Flavia, já sei que Deus não me dará netos. E Fernando ainda é muito jovem - quase 24 anos. Espero viver o suficiente para paparicar os netos que Fernando me der.
Um beijo pra você e suas netinhas.

6/12/07 08:32  
Blogger Mad said...

LOL! A mais velha vai longe na vida! Ah, se vai!!!

6/12/07 12:39  
Anonymous Anónimo said...

Beijinhos às três e muitas saudades dos doces da avó!
Carla

6/12/07 12:51  
Blogger wind said...

Gargalhadas, tão pequena e já com essa lata:))))
Sai à avó. ehehehe
Beijocas*

6/12/07 16:20  
Blogger Fatyly said...

Sofia
julgo que todos fizemos destas e obrigado pela visita:)

Xico
é isso mesmo e eu nem conto o que a minha gaveta contêm, porque eu era a do meio de cinco irmãos e por vezes comia em excesso lolll

Odele
Não tens que agradecer pois no dia 17 o problema de Flávia será o tema da blosgofera. A avó é de facto uma figura querida mas eu tive azar porque a única que conheci era a avó materna que só acarinhava a minha irmã mais velha e o resto era paisagem. Não digo que fosse má, mas eu nunca gostei dela nem ela de mim. Quiz o destino que quando regressei a Portugal fosse eu a única neta que a visitava no lar. A vida dá tanta volta e vais aparicar os netos oh se vais:) Força!

Mad
é tal e qual a minha filha na idade dela... até nas birras LOL

Carla
é isso, pormenores que infelizmente muitas não deixam nos netos, como referi ali em cima:)

Wind
olha que em coisas do género saí mesmo eh eh eh e o que me custa mais é ralhar com ela, mas tem que ser. Eu? levava com a régua da costura da minha mãe, que era bem pior.

Beijocas a todos e obrigado

6/12/07 19:20  
Blogger xico.lf said...

Sei, por experiência própria, o que é ser o do meio de cinco irmãos!
Para as coisas chatas dos mais velhos e para as dos mais novos!!
:))

6/12/07 19:32  
Blogger Fatyly said...

Xico
É isso mesmo:)

Hoje com a balança desiquilibrada porque o nosso João morreu com 21 anos, ainda hoje, tão crescidinhos e a cairem de maduros, não se entendem uns com os outros mas comigo todos falam, refilam e levam na carola, não tivesse sido eu o fiel da balança:)
Quem sofre? a minha mãe. Quem leva por tabela? eu, porque sou a que moro pertinho dela.

6/12/07 19:53  
Blogger Fábula said...

com que então a dar bolachas com lagartas suculentas às netinhas? se as queres engordar olha que há outras maneiras, eheheh! ;)

6/12/07 21:36  
Blogger mfc said...

Assim malandreca... a que é que sai a netinha mais velha??!!
Ora diz lá!

7/12/07 01:19  
Blogger Fatyly said...

Fábula
Não as quero engordar até porque para já não têm tendências para isso, mas evitar o abuso de doces acho muito bem porque também fiz com as minhas filhas :))))

Mfc
digo sim senhora: à senhora sua mãe e à senhora sua avó loll

Beijocas

7/12/07 08:54  
Blogger Paula Raposo said...

Um post delicioso!! Cheio de ternura...e de lagartas!! Eh eh beijinhos.

7/12/07 11:50  
Blogger Fatyly said...

Obrigado Paula:)))****

8/12/07 11:41  

Enviar um comentário

<< Home