terça-feira, junho 03, 2008

Uma questão de tempo...








Ontem estive a ver os Prós e Contras até ao primeiro intervalo. Como não percebi nada e como pairava na minha cabeça a frase dita por um dos convidados "que o pescado na maioria das vezes é deitado ao mar" e a imagem de "caixas de peixe a voarem numa destruição total" quando neste país há tanta gente com "fome", resolvi dormir!
Anda tudo louco e eu dar-lhes-ei tempo para se organizarem!










"A Autoridade da Concorrência não identificou qualquer infracção à lei da concorrência na formação dos preços dos combustíveis em Portugal, mas deu conta de um «paralelismo» nos aumentos simultâneos dos preços praticados pelas gasolineiras."(...)

isto até eu era capaz de identificar, que grande novidade, não há infracção mas somos os mais taxados da Europa!
Arre burro tanto tempo para isto???!!!!

















Alguns blogues que frequento andam à velocidade de cruzeiro para não falar "parados", o que respeito totalmente mas irei procurar outros e fazer a substituição.
Hoje não, porque não tenho tempo já que...












Vou até Roland Garros ver os quartos-de-final de ténis em terra batida. Ontem Sharapova a menina bonita mas muito antipática que agora é nº. 1 do mundo (após Justine Henin ter deixado o ténis) foi derrotada pela sua compatriota Safina.











Um resto de dia muito feliz e aproveitem o tempo, porque quando derem por ele já não há tempo!

10 Comments:

Blogger minucha said...

Vou dizer-te o que penso sobre a gazolina.
Já se percebeu que o estado não pode mexer na taxa, pela simples razão que não foi previsto por nenhum governo, pelo menos na Europa que o petróleo, atingisse estes preços.
por isso o dinheiro previsto no orçamento do governo para a compra do petróleo estar a derrapar, o que poderia fazer, se é que não acontecerá, o maldito défice subir em vez de baixar.

O que se deveria pôr em causa, pelo menos com a galp, é que ela sempre aumentou os preços, quando com a subida do euro em relação ao dólar, o ter estado a pagar, durante imenso tempo ao mesmo preço do ano anterior.

O que os utentes deveriam fazer se não fossem parvos era um boicote definitivo à galp, até ela descer de maneira drástica o preço.
Mas como isso dá trabalho aos utentes, que não querem ir para bichas, clama-se contra o estado.

Está nas mãos dos utentes baixar, em Portugal, o preço.
Mas quem é que quer saber disso?
3 dias? está tudo parvo?
Façam durante um mês e só na galp, veremos se descem ou não.

3/6/08 13:46  
Blogger Fatyly said...

Minucha
Eu há meses que não abasteço na Galp e irmãs o que referi no post mais abaixo.

Mas o povo além de comodista é parvo, porque deveria ser assim até baixarem o preço. Apesar de...os prejuizos já começaram e não é por acaso que dão os cartões dos pontinhos com os quais abate-se 5 centimos/litro, os papeis para descontos em compras não sei aonde e há dias baixaram 1 centimo e a partir da meia de hoje já será mais 1 centimo.

Mamões, mas comigo não e não!

Beijocas

3/6/08 14:11  
Blogger wind said...

Excelente post! Parabéns:)
Beijocas

3/6/08 14:16  
Blogger Toze said...

Quanto ao prós e contras, mal começaram a falar de percentagens, peguei no comando e záp...zapping, é uma coisa que gosto, até aparecer qualquer coisa que desperte interesse ! Ténnis acompanho sempre os torneios, só não aguento é ver a Sharapova jogar, não pelo jogo, mas pela gritaria que a gaja faz !!! Mas a Safina tratou de lhe fechar a matraca, eheheheh

Quanto aos Blogues, bem podes saltar de blog em blog, que cada um está mais parado do que o outro, (já não é mesma coisa de outros tempos)

Isso de aproveitar o Tempo, ainda vou pensar :)))

3/6/08 14:21  
Blogger Carla said...

um dia feliz para ti...que a felicidade nos inunde com a rapidez a que sobem os combustíveis!
A tua análise é brilhante amiga
beijos

3/6/08 14:41  
Blogger Cleopatra said...

Oh bó linda!!! Olha que o Páginas só está de férias..não o substituas..tá???hahahahahahaha
Faço minhas as palavras de todos os teus comentadores...e também já comentei o post da Marta no Claras!!
Não vi os prós e contras..mas sabes que estes assuntos deixam-me sempre com os nervos à flor da péle!! Porque o governo nunca pode fazer nada...mas o povo que pode fazer qualquer coisa..limita-se a reclamar...a encolher os ombros e continuar com a vidinha igual porque dá muito trabalho!!!
Um dia feliz também para ti bó linda...e acredita que se não aproveitarmos cada segundinho que a vida nos dá..quando dermos conta..já passou...
E passa tão rápido...rápido demais!!
Beijinhos grandes
Cleo

3/6/08 16:33  
Blogger Fatyly said...

Wind
Obrigado:)

Toze
realmente odeio ouvir em debatas as percentagens e as comparações com outros países.
Quanto ao ténis, cansa ouvir os gritos que começaram há uns anos com Mónica Selles e a partir daí é um horror. Sharapova é a que tem o decibeis mais altos e em quem não acredita na Safina, esta deu um baile:)
Desculpa mas há blogues que têm temas interessantes e basta fazer um post semanal. Claro que por vezes é impossível o que compreendo, mas meses?
Pensa rapaz e aproveita ao máximo sem te deixares cair na monotonia.

Carla
Deixa lá que os combustíveis vai baixar de novo mas a felicidade essa sim, deverá ser sempre a subir:)

Cléo
O teu blogue é dos tais que não deixo de visitar, porque três filhos pequeninos e um deles ainda de dias, ohhhhh meu amor como compreendo. Mas apesar disso vão colocando alguma coisa:)
Hoje já tenho mais tempinho, mas por vezes vejo-me à rasca com a minha turma:)

Beijocas a todos e vamos em frente que atrás vem gente

3/6/08 18:35  
Blogger Huckleberry Friend said...

Dedo na ferida na hora certa... de resto, carpe diem. O mundo também tem coisas boas. Procuremo-las!

4/6/08 13:32  
Blogger peciscas said...

Já não há tempo nem pachorra para aturar tanta parvoice junta de uns quantos senhores e senhoras que diabolizam a nossa existência!

4/6/08 19:18  
Blogger Fatyly said...

Huck
Claro que tem

Peciscas
É isso meu amigo, já enjoa ver, ler e ouvir tanta parvoice junta mas tento que não deabolizem a minha existência.

Beijos

4/6/08 19:53  

Enviar um comentário

<< Home